Apae e Secretaria Municipal de Educação formam parceria e conhecem mais sobre a realidade da educação especial e inclusiva

Desde o início da nova gestão a Secretaria Municipal de Educação tem tido uma atenção com as realidades diversas que a educação apresenta. Sendo assim, a Direção da Apae através da Diretora Adélia Aparecida de Oliveira e de seus profissionais firmaram um diálogo permanente para que as escolas municipais pudessem conhecer de perto o trabalho que a Apae desenvolve em nossa cidade.

Na tarde de quarta (19) foi realizada uma visita às dependências da APAE e da chácara, a Secretária Municipal de Educação Priscila Castro, o Coordenador de Planejamento e Gestão Natanael Diniz, e alguns diretores estiveram presentes nessa visita e puderam conhecer de perto todos os trabalhos e atendimentos que a APAE realiza, bem como as demandas de cada setor.

Durante a visita as coordenadoras Romilda, Junia, assistentes sociais de cada área da APAE apresentaram aos diretores da rede municipal toda a oferta de serviços que a instituição oferece e colocaram-se a disposição para que sejam firmados com toda a comunidade escolar os atendimentos especializados para as crianças, adolescentes e adultos que necessitam de algum tipo de tratamento especializado, como psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia e outros. Logo após esse momento, os diretores foram convidados a visitar a chácara da Apae e ficaram admirados com o trabalho realizado. Os jovens atendidos pela instituição fizeram uma bela apresentação, que emocionaram os presentes.

Segundo a diretora Adélia foi um momento único, e que estava muito feliz com essa visita. O Diretor do CAIC, Adailton Ferreira Sales afirmou que todo educador deveria conhecer essa realidade e que estava admirado com o trabalho desenvolvido. O coordenador da educação municipal Natanael Diniz agradeceu a direção do Apae pelo convite e disse que a vida de cada um é um presente de Deus, e que essa parceria vai gerar muito resultado positivo na vida de cada pessoa que necessita de ajuda.

Nesse sentido, a educação municipal espera que seja celebrada novas adesões ao atendimento especializado, afinal a APAE é uma instituição da comunidade, e que necessita do apoio e do carinho de cada escola municipal para os próximos passos que serão dados, respeitando as diferenças e promovendo a inclusão de todos.



COMPARTILHE NO:

COMENTÁRIOS