Esta semana abordaremos sobre a Terapia Cognitivo Comportamental, também conhecida como TCC.

A Terapia Cognitivo comportamental é uma abordagem específica e focada no problema atual do paciente. Também conhecida como TCC, a mesma permite o paciente compreender que somos afetados não por situações diárias e sim pelo modo que interpretamos. A TCC reflete aspectos interessantes em sua praxis. Baseia-se na noção de esquemas, construídos ao longo do desenvolvimento, cujo conjunto resume as percepções pelo indivíduo de regularidades do real com base em suas experiências históricas relevantes. Esquemas são definidos como superestruturas cognitivas que, em uma relação circular, organizam nossas experiências do real e são atualizados por elas, ao mesmo tempo que guiam o nosso foco de atenção. A TCC adota uma abordagem estruturada, mas apóia-se em uma relação colaborativa entre o terapeuta e o paciente, na qual ambos têm um papel ativo através do processo psicoterápico. Objetiva não apenas a resolução dos problemas imediatos do paciente, mas, através da reestruturação cognitiva, busca dotá-lo de um novo conjunto de técnicas e estratégias cognitivas para, a partir daí, processar e responder ao real de forma funcional, sendo o funcional definido como formas que concorrem para a realização de suas metas. Muito indicada no tratamento de transtorno de pânico, depressão, fobias, transtornos psiquiátricos, terapia de casal e diversos outros.

A TCC está em constante desenvolvimento e os estudos empíricos tem demonstrado grande eficácia nos tratamentos de transtornos.

 

Amanda Santos

CRP 04/39448



COMPARTILHE NO:

COMENTÁRIOS